Matéria no O Globo sobre Gaseificador Preshh

Carbonatador Preshh – Matéria O Globo

Carbonatador Preshh sendo apresentado no Globo pelo repórter RODRIGO BERTHONE em  

Carbonatador Preshh

Não posso deixar de expressar minha enorme alegria de ter sido contemplado com essa matéria maravilhosa do Jornal O Globo. Ela veio bem no início do lançamento do Carbonatador Preshh de bebidas. Nela eu cito que iria participar do Kickante no fim de setembro que me fizeram não lançar essa campanha de investimento. Estamos já comercializando e para mais informações do lançamento, inscreva-se em nosso site através do endereço www.preshh.com.br. Tão logo iniciemos nossas atividades, iremos avisar. 😉

Gaseificador Preshh – RIO — Com válvula, sifão, torneira, garrafa PET e um tanque de CO2, Leopoldo Almeida criou um método rápido e barato de gaseificar bebidas. O equipamento, batizado de Preshh, permite que estabelecimentos comerciais gaseifiquem bebidas como água, sucos e vodca e vendam-nas por apenas R$ 0,09 a mais do que cobrariam originalmente, segundo cálculos do inventor. E também pode ser usado na fabricação de cervejas artesanais.

A máquina consiste numa estrutura metálica, retangular, à qual está ligado um cilindro de gás carbônico. A ela acopla-se uma garrafa PET contendo a bebida a ser gaseificada.

— Não estou inventando o processo de gaseificar. O que trago de inovação é uma tampa presente no equipamento, que faz com que o CO2 entre na garrafa PET e gaseifique qualquer bebida — explica.

Este mês, Almeida pretende recorrer à Kickante, plataforma de financiamento coletivo, para viabilizar a produção da máquina. Que pode ter diferentes tamanhos, salienta, dependendo da necessidade do cliente:

— Quero que a palavra refrigerante volte a remeter a refrescância, promovendo, por exemplo, o consumo de bebidas saudáveis gaseificadas em escolas onde são proibidas as tradicionais, feitas com xarope e conservantes.

O Preshh não é a primeira invenção do empresário, criador do abridor de sachês Khort, considerado a melhor invenção das Américas em 2010, em uma feira de invenções nos Estados Unidos. Segundo ele, já foram vendidas mais de dois milhões de unidades do produto no Brasil.

Carbonatador Preshh

Link para matéria: http://oglobo.globo.com/rio/bairros/criador-de-novo-metodo-para-injetar-co2-em-bebidas-busca-financiamento-20043716

1 Comentário

Comentários estão desativados.

  1. Hilson Okada 12 meses atrás

    Oi, Leopoldo, acabei de ler sobre o Preshh. Parabéns, excelente ideia!

    Cara, há 3 meses eu, finalmente, fiz um protótipo funcional do meu invento. Depois disso era fazer o material para vender a ideia para empresas interessadas em licenciar. O problema é que bateu um medo enorme de ter a ideia roubada, o que me fez ficar travado e puto da vida. Mas aí acabei conhecendo o coordenador do Departamento de Inovação do Senai da minha cidade, que está me dando muito apoio. Estamos negociando os custos da equipe que cuida das patentes, pois, como eu mesmo fiz o meu pedido, ele achou melhor investir em profissionais que garantam mais segurança para mim. Em seguida tem o pessoal que vai ajudar a desenvolver um protótipo mais elaborado e ajustar alguns detalhes do projeto, como estudo de materiais, resistência, etc. e, por fim, a confecção dos moldes. Ah, e também estou abrindo uma empresa, para poder usufruir melhor dos recursos do Senai.

    Bom, estas são as novidades do lado de cá. Muito obrigado por todas as dicas e conselhos. E parabéns novamente pelo Preshh!

    Abs
    Hilson

©[2017] Leopoldo Almeida

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?